Início
Bem-vindo ao Hovet Pompéia
 


Ortopedia

Sempre que falamos em ortopedia pensamos naquela perninha quebrada por causa de um atropelamento ou porque o cãozinho caiu do colo. É verdade que os casos de fraturas são mais comuns, porém o ortopedista cuida de várias outras patologias que nem sempre são lembradas.

Assim como nas pessoas idosas, o sistema ósteo-articular dos animais também envelhece e começa a apresentar alterações típicas da idade. O famoso “bico de papagaio” também chamado de osteofito é um achado bastante comum nas radiografias da coluna de animais velhos. Ele e outras patologias podem gerar dor aos nossos “vovôzinhos” que apresentam desconforto, dificuldade em se levantar, até mesmo deixando de subir no sofá ou na cama. Existem também alterações anatômicas dos ossos e articulações que estão relacionadas com a genética.

Cães de pequeno porte como o Poodle, Yorkshire, Maltês, Pinscher e Lhasa Apso têm maior predisposição à luxação de patela e podem apresentar manqueira devido ao desconforto no joelho já na idade jovem. Outra patologia comum nesses cães é a necrose asséptica que atinge o osso da perna causando muita dor.

Animais de grande porte como o Pastor Alemão, Rotweiller, Labrador e Golden Retriever tem maior probabilidade de displasia coxo-femural, que causa bastante dor na articulação da bacia.

Os gordinhos ou muito agitados tem o risco de romper o ligamento cruzado que fica dentro do joelho e acabam tendo que ser operados.

Já os famosos Salsichas ou Cofap, (o nome certo é Teckel), por possuírem a coluna alongada e especial podem ter quadros de paralisia que são muito graves.

Para as fraturas, as alterações congênitas ou as degenerações da idade, existem medicamentos e técnicas, sejam cirúrgicas ou não, passando até pela acupuntura e fisioterapia que visam o restabelecimento da atividade de seu animal sem desconforto ou dor.

Nós do Hospital Veterinário Pompéia estamos a sua espera e preparados para ajudar seu animalzinho a brincar como ele gosta.

Especialista em Ortopedia atende com hora marcada de acordo com a disponibilidade de agenda. Casos emergenciais são inicialmente atendidos e estabilizados pelo corpo clínico do hospital.

 

Site desenvolvido por VETSITES 2009